Relato da Parteira* do Distrito Federal

Minha vida mudou completamente quando foi decretada a pandemia. Estava na sala de parto, acompanhando residente num trabalho de parto. Fui avisada que deveria ir pra casa por ser idosa. Mais de um ano em teletrabalho Passei meses sem sair de casa, assustada, com medo de morrer ou de perder pessoas da família e amigas. Tenho uma filha que reside na Europa, uma mãe com 102 anos no nordeste e irmãos espalhados pelo Brasil. Perdi várias colegas enfermeiras e uma amiga. Ao ser convocada para receber a vacina, um raio de sol surgiu na minha vida. Ao retornar ao trabalho depois de mais de um ano tudo havia mudado. A pandemia chegou e persiste em continuar. Ela fala algo que não escutamos. Acho que fala que devemos deixar o individual e pensar no coletivo. O que realmente importa?

[*Os nomes são inventados.]

Dados gerais da autora do relato:

#DF #68anos #Parda #Crista #PosGraduaçao #JuntasNaPandemia

Publicado por Grupo RepGen

Grupo de Pesquisa Gênero, Reprodução e Justiça - RepGen. Reúne pesquisadoras da UFBA, Fiocruz e UFRJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: