Relato da Havana* da Bahia

Eu sou uma mulher que tem acesso a certos privilégios, sou beneficiária de um bom plano de saúde. Sendo assim, mantive meu cuidado à saúde sexual e reprodutiva de modo bastante semelhante ao período não pandêmico. Durante a pandemia fui ao ginecologista e fiz exames de rotina, estava tudo bem. Sou uma pessoa que não desejo ter filhos, por isso em todas as minhas relações sexuais eu utilizo métodos contraceptivos. Estou em busca de algum médico, o qual esteja disposto a fazer uma laqueadura em mim. Pois em razão da minha pouca idade, os profissionais se recusam a fazer, sob a justificativa de que eu irei me arrepender.

[*Os nomes são inventados.]

Dados gerais da autora do relato:

#BA #24anos #Preta #Catolica #EnsinoSuperiorIncompleto

Publicado por Grupo RepGen

Grupo de Pesquisa Gênero, Reprodução e Justiça - RepGen. Reúne pesquisadoras da UFBA, Fiocruz e UFRJ.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: