Juntas na Pandemia – Histórias compartilhadas com a pesquisa “Pandemia de Covid-19 e práticas reprodutivas das mulheres no Brasil”

Perguntamos a mulheres que responderam ao questionário da pesquisa “Pandemia de Covid-19 e práticas reprodutivas das mulheres no Brasil” como tem sido a  vida e o cuidado à saúde, especialmente a saúde sexual e reprodutiva, na pandemia. As respostas estão aqui!

Agora, o blog é público para todas as mulheres que quiserem partilhar as suas histórias. Escreva seu relato através deste formulário (clique para acessar!).

Posts recentes

Relato da Vera* da Bahia

Passar pela pandemia da COVID-19 foi difícil para mim, porém de uma forma um pouco diferente da maioria das pessoas. Primeiro porque sou cadeirante, 70 anos, aposentada e sair já não fazia parte da minha rotina há muito tempo. Entretanto, não poder receber meu filho que mora em Salvador e passou meses sem poder virContinuar lendo “Relato da Vera* da Bahia”

Relato da Ana* do Rio de Janeiro

Em janeiro de 2021 precisei fazer uma cirurgia para remover o apêndice, que foi tranquila, realizada por videolaparoscopia e tudo correu muito bem, em maio optei por colocar o diu de cobre e prata e até agora tenho sentido muitas dores e cólicas mesmo fora do período menstrual. Não tenho ido ao médico por receioContinuar lendo “Relato da Ana* do Rio de Janeiro”

Relato da Dacris* de São Paulo

Olá meninas, a pandemia está acabando!! Se Deus quiser e permitir!! Sou empregada de uma empresa aérea, uma das áreas mais afetadas da pandemia, afinal foram fechados aeroportos, hotéis e todo mundo precisou remarcar ou cancelar voos e viagens. Agora vamos ao que importa, minha saúde!! A mental quase deixou de existir durante esse CAOS,Continuar lendo “Relato da Dacris* de São Paulo”

Relato da Lilith* de Pernambuco

Foi um período difícil porque fiquei 4 meses sem sair de casa, muito amedrontada e insegura. Meu companheiro no início da pandemia dizia que eu estava neurótica e não acreditava no perigo do vírus. Perdi uma sobrinha que estava com um câncer muito agressivo e não podíamos ir visitá-la por ela estar com a imunidadeContinuar lendo “Relato da Lilith* de Pernambuco”

“Pandemia de Covid-19 e práticas reprodutivas das mulheres no Brasil” – Saiba mais sobre o estudo que reúne pesquisadoras da Fiocruz, UFBA e UFRJ

Como a saúde sexual e reprodutiva das mulheres que vivem no Brasil está sendo afetada pela pandemia da Covid-19? Esta é a pergunta que guia uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), o Instituto Rene Rachou (Fiocruz Minas), o Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (ISC/UFBA) e a Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEAN/UFRJ).

Mulheres com 18 anos ou mais, residentes no Brasil, podem participar da primeira fase, respondendo ao questionário disponível no link: https://is.gd/MulherSaudePandemia.

Lançado no dia 13 de julho, o questionário já recebeu mais de 7 mil respostas, mas o grupo de pesquisadoras que conduz o estudo quer chegar a mais e diversas mulheres. “Gostaríamos de conferir visibilidade a grupos minoritários e a mulheres que nem sempre estão representadas em pesquisas. O universo de mulheres que vivem no Brasil é heterogêneo, complexo e desigual, então esperamos que o estudo possa contribuir para evidenciar esta multiplicidade de experiências”, afirma Claudia Bonan (IFF/Fiocruz), que coordena o projeto ao lado de Ana Paula dos Reis (ISC/UFBA).

O questionário foi desenvolvido com a intenção de permitir a análise da diversidade dos efeitos da pandemia conforme muitos fatores:  classe social, raça/cor e etnia, região de residência das mulheres – grandes centros urbanos, cidades pequenas, zonas rurais, ribeirinhas e florestas, quilombos, terras indígenas – entre outros marcadores sociais da diferença. 

Aumento de gestações indesejadas, complicações de aborto, dificuldades de acesso a contraceptivos e a tratamento de doenças ginecológicas e sexualmente transmissíveis são alguns exemplos de efeitos da pandemia já monitorados em outros países. “Nossa pesquisa tem o sentido de identificar como essas questões estão ocorrendo no Brasil e quais as consequências para a vida e a saúde das mulheres”, explica a professora da UFBA.

A pesquisa integra os projetos Gender & Covid-19, Observatório Covid-19 Fiocruz e Nascer no Brasil 2.

O questionário da primeira fase do estudo tem apenas uma questão de campo aberto, mas o volume de respostas recebidas chamou a atenção das pesquisadoras, que decidiram convidar as mulheres que responderam a dividir suas histórias. Assim nasceu este blog, Juntas na Pandemia, para que as histórias possam alcançar outras mulheres.

Boa leitura!

O estudo “Pandemia de Covid-19 e práticas reprodutivas das mulheres no Brasil” é conduzida pelo grupo de pesquisa Gênero, Reprodução e Justiça – RepGen.

Confira abaixo algumas notícias sobre a pesquisa e os links para as mídias sociais do grupo RepGen.

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.